Agência de Marketing Digital – E-commerce, Google Ads, SEO | Agência FG

Blog

Compartilhe:

Blog, Design | 18/11/2021

UI e UX: conheça mais sobre as áreas, suas diferenças e como se complementam

Se você tem uma loja on-line, deve conhecer a importância do UI e UX! Até porque, desenvolver um design responsivo é crucial em uma estratégia de Marketing Digital. Ciente disso, a Agência FG conta com profissionais especialistas no assunto, prontos para desenvolver layouts ideais para diferentes setores de e-commerce dos nossos clientes.

Para esclarecer como as áreas funcionam, sua importância e diferenças, preparamos este artigo completo. Então, se ainda tem dúvidas a respeito, não perca nenhum detalhe e conte conosco para otimizar sua loja virtual!

O que é UX e UI?

Essas siglas significam, respectivamente, User Experience e User Interface. Em linhas gerais, são técnicas relacionadas ao desenvolvimento do design de um site de maneira que ele funcione bem e satisfaça o usuário.

Contudo, apesar dos nomes e objetivos semelhantes, cada técnica é colocada em prática de maneiras diferentes. O UX — ou Experiência do Usuário, em tradução literal — é como o consumidor interage com a plataforma de forma geral. Isso é, procurando um produto ou até finalizando uma compra.

Sendo assim, para que essa experiência seja positiva, é necessário atentar-se a alguns pontos. Um dos principais aspectos é a necessidade de uma plataforma intuitiva e responsiva, ou seja: bem fácil de usar e que funcione corretamente.

É aí que desponta o UI (Interfaces do Usuário), método que visa simplificar todas as etapas de navegação e interação em um site, e-commerce ou aplicativo. O objetivo aqui é guiar muito bem o usuário.

Imagem com fundo branco e elementos que representam etapas de UI e UX design.

Por isso, de acordo com a UI e UX Designer da FG, Julia Girardi, além de proporcionarem boas impressões, as estratégias também facilitam o caminho entre o cliente e seu objetivo de compra.

Mas, então, qual a diferença entre eles? Basicamente, o UI só existe com uma interface visual, e o UX engloba a experiência com a marca de forma mais abrangente. Apesar disso, essas ações se complementam!

Como funciona na prática?

Agora, você pode estar se perguntando: “como melhorar a interface de um e-commerce e, consequentemente, a experiência dos consumidores”? Basicamente, isso pode ser feito com a otimização de botões, tipografia, ícones e cores, que são alguns dos principais pontos de uma interface.

Contudo, para definir quais seriam os melhores elementos, Julia destaca a importância de pontos como:

  • Focar no usuário e em como ele agiria em diferentes situações. Assim, é possível manter a loja intuitiva, prevendo suas necessidades;
  • Projetar para todos os tipos de pessoas. Mesmo focando algumas funcionalidades para o público-alvo, é importante que a construção do site seja baseada em acessibilidade e equidade;
  • Manter a identidade, oferecer referências visuais em todas as páginas;
  • Dar importância à hierarquia de informação;
  • Sempre apresentar saídas, opções e soluções para o usuário.

Além disso, para alcançar esse objetivo, o time também atua com otimizações para mobile first e desk research. Felizmente, as melhorias podem ser aplicadas tanto em novos e-commerces quanto em lojas, sites e blogs que já existem, como pontua a UI e UX Designer da FG, Bárbara Flores.

“A partir de diagnósticos, em conjunto com o time de Planejamento Estratégico, são realizadas melhorias estratégicas. Nesse processo, são pontuadas funcionalidades extras e elementos da interface visual que podem ser melhorados ou implementados. Para isso, consideramos também as tendências do mercado e de cada segmento, além do conceito e propósito da marca”, explica a designer.

A importância da experiência do usuário

Recentemente, o termo “experiência do usuário” está em alta entre os varejistas. Até porque, quando consumidores têm um contato satisfatório com a sua empresa, as chances de conversão e fidelização são muito maiores. Sem falar que uma boa experiência também pode diminuir gastos com suporte ao cliente e até evitar troca de produto.

Certamente, a percepção de marca também é criada a partir da navegação em um e-commerce, como ressalta Bárbara.

“Se o site é complexo demais, visualmente pesado demais, lento demais, toda a experiência vai se resumir a algo ruim. Não importa o quão bom seja o produto ou o serviço. […] Outro ponto é estar atento às inovações. No campo da tecnologia e da internet, as coisas tendem a mudar de forma cada vez mais rápida. Então, é importante acompanhar as novas funcionalidades e tendências visuais, mas também lembrar que nem tudo precisa ser reinventado”, finaliza.

Conte com os especialistas da Agência FG!

Agora, ficou ainda mais evidente a importância do UI e UX, não é mesmo? Para criar sua loja virtual do zero ou otimizar uma já existente, você pode contar com toda a equipe da Agência FG.

Já são mais de 12 anos de experiência atendendo grandes nomes do e-commerce, como a Ellus, Richards, Rip Curl e muito mais! Somos focados em estratégias de Marketing Digital, atendendo áreas como Data Analytics, Fee, Mídia, Social Mídia, SEO, E-Marketing, Desenvolvimento entre outra! Acesse e conheça nossos serviços!

O Universo digital em suas mãos!

Cadastre-se e receba os melhores conteúdos sobre e-commerce, performance e marketing digital.

    Prometemos não utilizar suas informações para envio de SPAM.
    >